Conheça a história do papel de parede

Papéis de Parede

Conheça a história do papel de parede

papel de parede barato em promocao

Hoje, queremos te convidar para um passeio pela incrível história do papel de parede. Conhecer um pouco da história desse tipo de revestimento que vem, desde o seu surgimento, ganhando o gosto das pessoas. O papel de parede é um revestimento para ornamentação de ambientes e sua origem está atrelada à época das tapeçarias. Foi com a impulsão da  Revolução Industrial que ele progrediu para os materiais que conhecemos hoje – têxteis e naturais. Com a evolução dos meios tecnológicos, o papel de parede pode ganhar mais possibilidades visuais e acabamentos diferenciados. Então, ficou interessado pela história do papel de parede? Vem com a gente contar esta história incrível.

A história do papel de parede 

A história do papel de parede pode ser dividida em 4 momentos distintos: origem, popularização na Europa, movimento Arts & Crafts e popularização no Brasil. Vamos conhecer cada um dos momentos.

Origem

Os primeiros vestígios de utilização de papel de parede remonta os anos 200 a.C., na China. Inicialmente, a sua produção era feita à base de arroz, sendo totalmente artesanal e seu uso era funcional, servindo apenas para revestir paredes, visto que ainda era uma produção rudimentar sem pretensão de ornamentar ou decorar. 

Posteriormente, o papel de parede começou a ser produzido com pergaminho vegetal. Foi com esta inovação, que se deu a inclusão de elementos decorativos, como cores e desenhos, com toda a ornamentação sendo feita à mão, por artesãos. Em seguida, a sua produção ganhou a ajuda de carimbos de madeira que eram embebidos em tintas e pressionados sobre o material de base para criar padronagens, como o arabesco que utiliza elementos da arte Islâmica. Por ser um produto artesanal e caro, o papel de parede era um artigo de luxo, ostentado em palacetes e em ambientes de ricos comerciantes. 

A Europa foi a grande precursora de movimentos artísticos, literários e, acima de tudo, o grande polo da industrialização. A história do papel de parede começou a ganhar contornos diferenciados quando entrou em solo europeu. Vamos conhecer agora como o papel de parede chegou até à Europa e teve sua história impulsionada.

Popularização na Europa

história do papel de parede

A popularização do papel de parede pelo continente europeu se deu através de transações comerciais firmadas com comerciantes árabes que levaram o papel de parede à Europa no século XVI. Os europeus o utilizavam com o objetivo de substituir as telas e tapeçarias na decoração das paredes, janelas e portas. 

Até o fim do século XV, havia uma limitada variação de papéis de parede com temáticas chinesas. Foi por meio de artistas renascentistas que o revestimento ganhou padrões totalmente europeus. Contudo, o problema do tamanho persistiu, as folhas continuavam a ser muito pequenas e a qualidade da reprodução, mediana. Continuava a ser um produto artesanal e o seu processo era muito lento. Entretanto, esse caráter artesanal e exclusivo conferia ao papel de parede um caráter de luxuosidade.

A procura foi cada vez mais aumentando, e em 1630, surgiu a primeira fábrica de papel de parede, a Papel-Toutisses, na França. A partir daí, a produção ganhou um pouco mais de celeridade. Porém, foi em 1675 que a produção passou a ser impressa, utilizando o mesmo método usado nas gravuras. A técnica consistia na passagem de desenhos para blocos de madeira, possibilitando que o papel de parede ganhasse mais cores e mais ilustrações, com mais agilidade. 

Aqui, esse item já se tornava um material mais acessível. O continente se tornava o grande pólo de criação e produção de papel de parede

Movimento Arts & Crafts

A Revolução Industrial tornou o papel de parede mais acessível porque teve uma produção em larga escala e o tornou bem mais acessível para a população. O problema mais latente dessa progressiva industrialização foi a quebra na qualidade artística, ou seja, o trabalho do artesão foi deixado em segundo plano. 

O movimento Arts & Crafts surgiu na metade do século XIX como combate à indústria e retorno ao processo artesanal, elevando os artesãos à condição de artistas, evitando assim a manufatura industrial barata de artes decorativas e da arquitetura. O seu fundador William Morris tirou partido dos padrões alegres e florais do chintze (um tecido usado em cortinas e capas para móveis) e os aplicou ao papel de parede. O resultado não saiu como o esperado e tudo que se refere à expressão chintzy, é algo de mau gosto.

O combate travado por Morris contra a indústria fez com que esta utilizasse a mistura entre padrões e suportes para lançar o papel de parede para crianças e o lavável, levando firmas inglesas da época a ficarem famosas.

Popularização no Brasil

Já sabemos como o papel de parede se originou e o seu processo de consolidação mundo afora, mas você sabe como este item chegou aqui no Brasil?

O papel de parede chegou aqui no Brasil devido ao processo imigratório da Europa no final do século XIX. Porém, até 1930, a importação desse produto era pequena, em função dos altos custos, sendo que entrou em um processo de esquecimento por anos. Foi em 1960, com a modernização da indústria brasileira e com a redução dos custos que o papel de parede tornou-se um item popular para revestimento decorativo de paredes.

Gostou desta viagem pela história do papel de parede? Nós da Dero Decor entendemos que, além de um item utilizado para decoração, o papel de parede é símbolo de resistência e de criação. Vem conhecer a nossa loja e se encantar com os nossos papéis de paredes. O nosso blog tem dicas maravilhosas de como você pode utilizar o papel de parede para decorar a sua casa. Caso queira saber mais detalhes, entre em contato conosco, será um prazer atendê-lo. Até a próxima!

papel de parede barato em promocao

Artigos Relacionados

Home bar: Aprenda como montar um bar em casa!

Quem gosta de aproveitar a companhia dos amigos para celebrar momentos de encontros regados a bons drinks, sabe a importância de se ter um ...

0 Comentários
16/05/2022

Decoração do hall de entrada: deixe seu prédio mais receptivo!

A frase “a primeira impressão é a que fica” faz muito sentido quando falamos do hall de entrada de um prédio.  O hall de entrada...

0 Comentários
25/03/2022

Decoração candy color: Saiba como utilizá-la em sua casa!

As cores para o verão 2022 fazem parte da tendência candy colors. Para aqueles que não sabem o que é essa tendência candy colors, certa...

0 Comentários
18/03/2022

Deixe o seu comentário

Newsletter
Receba ofertas com preços exclusivos