Papéis de Parede

Papel de parede anos 70: Como utilizar?

papel de parede barato em promocao

Atravessando gerações, o papel de parede anos 70 sempre acaba reaparecendo nas tendências de decoração. E não é sem motivo, afinal, do boho hippie de Woodstock ao estilo Dancing Queen que invadiu as discotecas, esses revestimentos espelham toda a efervescência dessa década, marcada pela revolução.

Um cenário onde estava “tudo junto e misturado”. Os jovens se reuniam para contestar, o punk e os movimentos feministas ganhavam força, a cultura hippie se mantinha presente, o glitter e a androginia tomavam conta das pistas de dança. E esse panorama agitado refletia na moda e na decoração.

A ideia era ousar, fugir do aspecto normal e resgatar a boemia e a liberdade. No piso, era comum ter o chão acarpetado. No banheiro, os azulejos eram ultra estampados. E a mobília compunha um festival de heterogenia, com móveis de plástico e acrílico que se misturavam com elementos naturebas e hipongas.

Os papéis de parede, por sua vez, eram um espetáculo a parte.

 

Geométrico e sensações ópticas


Com início na Op-art, movimento artístico que explora as ilusões e sensações óticas, os papéis de parede geométricos refletem toda a ousadia da década de 70.

Marcados pelas formas dinâmicas, com uma mistura de cores e até de formas, os motivos geométricos oferecem movimento e energia, proporcionando uma decoração alto astral e bastante convidativa. Inspire-se com o Papel Cubos 3D, o Papel Eiffel, o Papel Triângulos e o Papel Marvel Stone.

Mas se não quiser ousar tanto assim, logo de cara, também é possível optar por papéis geométricos com estampas monocromáticas, em escalas de cinza ou azul, como é o caso do Papel de Parede Xadrez, do Papel de Parede Geométrico

 

Curvas. Muitas curvas

Nos anos 70, o colorido estava presente em tudo. Nas cortinas, nas almofadas e até mesmo nos eletrodomésticos. A onda era usufruir de elementos psicodélicos, com listras, ondas e muitas curvas.

Conferindo vivacidade a qualquer ambiente onde são aplicados, o Papel de Bolinhas Infini, o Papel de Faixas Happy World e o Papel de Bolinhas Happy World são ótimos exemplos de papel de parede anos 70, destacando-se pelo movimento e originalidade.

E para uma decoração mais neutra, com esse tipo de papel de parede, o modelo mais indicado é o Papel Geométrico Moderno, que traz ilustrações típicas da época, com tons de marrom sobre fundo bege.

 

+ Leia também:

Maneiras de conservar o papel de parede por mais tempo

Decoração retrô: 6 dicas para criar a sua

 

A natureza e os motivos florais

O lema de paz e amor, junto de sua aura alegre não pode faltar em um post sobre os anos 70.

Além do floral, como o Papel de parede Floral, e o Papel de Parede Floral Winners, e do tie dye, que é praticamente um símbolo de Woodstock, os motivos orgânicos e os indianos, como o Paisley, compunham uma estética hippie, que se complementa de maneira perfeita com os tons terrosos, para uma decoração rústica e boho.

E para quem quer adotar o estilo orgânico, vale investir em almofadões coloridos, móveis de vime e muitas plantas e folhagens verdes espalhadas pela casa, principalmente de maneira suspensa, como as samambaias.

 

Tons terrosos, com inspiração no Marrocos

Na contramão da psicodelía das formas geométricas, a monotonia dos tons terrosos também se fazia presente na decoração. Com o começo do ecofriend, assim como as preocupações ambientais, a natureza estava em alta, fazendo com que as texturas, como camurça e crochet, e os tons de marrom, como caramelo, bege e khaki, tomassem conta dos anos 70.

Para se inspirar, os papéis mais indicados são o Matelassê Castel, o Geométrico Avatar e o Texturizado Carnival.

 

Glamour, glitter, metal e motivos futuristas

Com a Era Disco, no fim da década de 70, vieram as padronagens metalizadas, cheias de cor e de brilho. Na decoração, os espaços se tornaram mais sofisticados, com móveis tubulares cromados e espelhos espalhados por todos os ambientes, como se fosse uma discoteca particular.

E para criar essa atmosfera glamorosa em casa, o Papel de Parede Moderno Nobless é a melhor opção!

 

Aposte no equilíbrio

Na decoração que remete os anos 70, a mistura de cores fortes é necessária. No entanto, como qualquer outro estilo é necessário prezar pelo equilíbrio, para que o ambiente não fique carregado.

Se o papel de parede possui muitas cores, por exemplo, tente usar móveis de cores mais suaves e apenas algumas peças, como almofadas e tapetes, que combinem com os tons escolhidos para o revestimento da parede.

 

E aí, preparado para mudar a decoração de casa com esses modelos de papel de parede anos 70?

Até mais!

papel de parede barato em promocao

Artigos Relacionados

Saiba como aproveitar as sobras de papel de parede

Se você não sabe o que fazer com as sobras de papel de parede que restaram depois que aplicou nas paredes dos cômodos da sua casa, sugeri...

0 Comentários
27/06/2022

Como decorar meu primeiro apartamento

O sonho de comprar o primeiro imóvel faz parte da vida de muitos brasileiros, e quando conseguimos essa conquista tão importante surge aqu...

0 Comentários
20/06/2022

Aprenda como fazer combinações de cores para decoração

Quando as cores estão em perfeita harmonia, funcionam como verdadeiros chamarizes que seduzem os olhos e transmitem a sensação de tranqui...

0 Comentários
13/06/2022

Deixe o seu comentário

02 Comentários

  • Blog Dero Decor

    22 Outubro, 2020
    […] blog apresenta grande variedade de  dicas e sugestões para você decorar sua casa, usando papel de parede anos 70 ou como colocar papel de parede no […]
Newsletter
Receba ofertas com preços exclusivos